#42 Profissão Narrador com Luiz F. Lima 2


Olá você! Convidamos o Narrador e comentarista de Street Fighter na ELeague,  Luiz Felipe Lima, ele atua no site Counter Hit e no canal a cabo Esporte Interativo. O Luiz compartilhou conosco sua história e vários aspectos da novíssima profissão de narrador de eSport na TV, jogamos o game Time e o CGHit e ainda demos super dicas ao final desse podcast. Enjoy!

Links desse programa:

Siga o Luiz no Twitter @_LuizFLima

Luiz comentando uma partida no Esporte interativo

The get down

Breaking bad

Better call Saul

 

Animação Flashpoint Paradox

Músicas deste episódio

00:01:03 Karnov s Revenge  – Ray

00:03:59 Legend of Dragoon – Boss Battle 1

00:08:58 Massacration – Metal Is The Law

00:12:34 Carry on – Angra

00:18:55 League of Legends – Summoner s Call

00:23:56 Esporte Interativo – Trilha de Gol

00:25:10 Street Fighter V –  Main Menu

00:31:58 Street Fighter V – Ken s Theme

00:38:58 Street Fighter IV –  Ryu

00:42:08 Street Fighter V – Necalli s Theme

00:47:04 Street Fighter IV – Sagat Theme

00:53:20 Street Fighter V – Guile

 

 

Quer mandar um feedback?

contato@cgcorp.com.br

Entre no nosso grupo no Facebook https://www.facebook.com/groups/1767696730164510/

Acompanhe nossas transmissões no Twitch https://www.twitch.tv/cgcorp

Entre em contato também pelo WhatsApp: 19 99737-0206

Curta nossa página no Facebookhttps://www.facebook.com/cgcorpgames/

Nos siga no Twitter: https://twitter.com/CGCorpgames

Walisson no Twitter @CGCwalisson

Francisco Ramos no Twitter @MrXcao

Assine o nosso Feed http://feeds.feedburner.com/cgcorp

 

Arquivo ZIP


Deixe uma resposta

2 pensamentos em “#42 Profissão Narrador com Luiz F. Lima

  • Thiago De Almeida Silva

    E ae, molecada! Programa daora, esses dias eu estava vendo uns vídeos narrados pelo Luiz e é muito divertido! haha
    Uma pergunta que vocês fizeram no programa: “O que falta para o e-sports chegar na grande mídia?”
    Então, falta empenho do público, cara! A galera xinga muito no twitter mas não chega junto, sabe. Não faz a voz dos gamers serem ouvidas. De vez em nunca aparece um ou outro programa com uma pegada geek, tipo o zero1 do Tiago Leifert, e a galera não dá um feedback, sabe. Enquanto o público gamer não fizer a sua voz ser ouvida os investimentos desse tipo continuarão a ser bem tímidas. Minha singela e fecal opinião.